ZAIRE, TALVEZ?

O relato da viagem do Sr Atoz a Houston, Texas, está aqui. Hoje trataremos de outro tema.

Então, na semana passada, o chefe da delegação americana no Pan foi ter a infeliz idéia de abrir os trabalhos escrevendo na lousa, “Welcome to the Congo!”. Isso pegou muito mal, falou-se em preconceito etc. Em conseqüência, foi imediatamente substituído no cargo e a autoridade competente pediu desculpas. Vamos aos comentários.

1. Eu gosto desse senso prático. O sujeito faz eme, o sujeito é removido do cargo na hora. Não como punição, mas para evitar que faça mais eme.

2. Ué. O que que ele escreveu de errado?

3. O preconceito não é dele. O preconceito é de quem pensou o que pensou quando leu o que ele escreveu. Honni soit qui mal y pense.