De início, a idéia me pareceu ótima. Adquiri-a em visita à casa de T’Riet e Othon, em Houston. Foi assim: fiqui aqui ao computador o dia inteiro e, como faz muita gente, pus uma trilha sonora no drive. Exceto que, em vez de CD ou Media Player, a trilha era um DVD, que ficou rodando. O vídeo até estava ligado, mas eu queria era ficar ouvindo, com todos os diálogos e efeitos sonoros.

Um dos DVDs que rodei hoje foi Star Trek: the Motion Picture, edição do diretor (outros foram outros filmes da seqüência).

Pronto: agora à noite, meu cérebro não pára de ficar reproduzindo a música do encontro dos klingons com V’Ger. Inteira, com todas as trompas, fagotes, violinos e violoncelos. Quando acaba, começa de novo.

EOF