Uma tuitagem mais duradoura

Joguei isto no Twitter, mas quero deixar mais fixo e recuperável. Então, repito aqui.

You can take the boy out of the favela, but you can’t take the favela out of the boy: http://bit.ly/aCeQXA

***
Em uma nota mais animada, acabo de subir um vídeo. Fui eu mesmo que fiz em Duxford em 10 de julho:

É um Balbo, ou seja, uma grande formação de aviões, desfilando comemorativamente. Nos comentários do vídeo, identifico-os. Taqui a tradução do que digo lá:

Museu Imperial da Guerra em Duxford, 10 de julho de 2010, 16:56. À medida em que a formação se aproxima aparentemente por sobre a B-17G Sally B, o som aumenta para uma fileira de motores Merlin e radiais. Da testa à cauda: P-51 Mustang + Sea Fury + Fury + F4U Corsair, três AD Skyraiders, quatro Mustangs, três Spitfires + HA.1112 Buchón (Bf 109 fabricado na Espanha com motor Merlin), três Spitfires, P-40 + dois Spitfires, três Yaks.

Algo não vai muito bem com minha memória. Distintamente me lembro de ter visto o Bf 109 autêntico (com motor DB 605) em formação com Spitfires e o I-16; entretanto, não os identifico no vídeo. Contribuições são bem-vindas.

Esses nem são todos os aviões que participaram do Flying Legends. Houve outros Spitfires; houve o Battle of Britain Memorial Flight (Esquadrilha Comemorativa da Batalha da Inglaterra) com seus Lancaster, Spitfire e Hurricane; houve Bücker monoposto e biposto; houve Gladiator; houve Bearcat; houve Sally B escoltada por Mustang; houve MS.406.

No FL 2008, o Balbo não tinha Skyraiders, Fury nem Sea Fury, mas tinha Wildcat, P-39, B-25 e A-26. Ainda não o subi, mas, de todo modo, o filme não ficou tão bom.

EOF