Reencarnação

Você já reparou que quem acredita em reencarnação sempre diz que foi príncipe, princesa, nobre, artista, …? Ninguém nunca diz que foi escravo, operário ou camponês.

Pois eu era escravo. Quando fui reencarnar, aproveitei um descuido de quem controlava a pranchetinha e vim parar aqui. Através de uma psicografia, fiquei sabendo que haviam descoberto o engano e que eu estava sendo chamado de volta. Claro que me neguei, né: comparado com a vida que eu tinha, aqui está muito bom! Aqui tenho água encanada, luz elétrica, só tenho que trabalhar dezesseis horas por dia…

Só que, enquanto eu estiver nesta vida, serei considerado foragido, e mais: para cada minuto adicional, não só a Claro me cobra R$ 0,53 como está aumentando o número de chibatadas que terei de receber como punição pelo golpe que apliquei.

Por isso um de meus objetivos é não morrer nunca. Porque, se eu morrer, sei bem o que está me esperando. E depois terei que reencarnar como um ornitorrinco manco!

EOF