“Frango já nasce assim”

Verificando as estatísticas do WordPress para este belogue, acabo de descobrir que alguém jogou a seguinte expressão de  busca no Google: “calendario maia e o fim do mundo resumo para a escola”.

Sério.

Vamos deixar uma coisa bem clara: se a sua escola está jogando fora o seu precioso tempo em pretender dizer que o fim do mundo esteja iminente por QUALQUER razão, ela está ENSINANDO ERRADO. Se alguém teve que fazer resumo prà escola relacionando os dois assuntos, então alguém tinha que cassar o diploma desse professor, que está ensinando obscurantismo em vez de dar aula séria.

… A menos que o propósito seja justamente dizer que não faz sentido. Aí pode.

Aliás, peraí! Se a expressão de busca foi essa, é que tem alguém querendo vir à Internet pra pegar o resumo PRONTO, né! Alguém aí tá querendo levar nota sem ter tido trabalho! O nome disso é ESTELIONATO.

Outra expressão de busca com que vieram parar aqui: “quais sao os tipo de embalagem utilizada na exportaçao de cachaça e como sao tranportadas”.

Vamos deixar de fora os erros de digitação, que não são o foco.

O foco está no seguinte: NÃO É ASSIM QUE SE PESQUISA. Aparentemente, o usuário se dispôs a consultar o Grande Oráculo da Internet escrevendo a pergunta, para que o Oráculo lhe trouxesse a resposta pronta: “veja, os tipos são estes; e elas são transportadas assim” — mais uma vez, sem querer ter o TRABALHO de pesquisar, de olhar mais de uma página, de MONTAR SEU PRÓPRIO TEXTO.

Cada vez tenho menos paciência com quem quer receber tudo pronto. E tem uma geração inteira assim, querendo receber tudo de bandeja. Para eles, frango já vem ao mundo daquele jeito: depenado, sem cabeça, com as patas e asas dobradinhas, congelado. E ainda reclamam de terem que temperar.

Que m*rda de mundo, esse em que viverei minha senectude.

EOF